O Capitalismo de Multidão e a Ressignificação do Trabalho

5/5

O Capitalismo de Multidão e a Ressignificação do Trabalho

5/5

O capitalismo de multidão (quarta revolução industrial) é, sem dúvida, um ponto de inflexão na história contemporânea mundial, seja sob o viés econômico, social ou ambiental. Essa nova revolução reclama uma compreensão à luz de uma dinâmica geopolítica.

A partir das reflexões e proposições da obra, almeja-se, após uma análise multidimensional do fenômeno, demonstrar que a implementação eurocentrada atualmente em curso dessa nova revolução disruptiva nos conduz para um processo de neocolonização tecnológica com efeitos sociais e econômicos dramáticos para os países periféricos.

Em conclusão, numa abordagem propositiva, vem elecado um conjunto de medidas capazes redirecionar o curso eurocentrado do fenômeno de modo a torná-lo um vetor para a produção de resultados sociais e econômicos alinhados com os interesses geopolíticos nacionais sem, contudo, desconsiderar a necessidade de transcender a esfera nacional em busca da construção de uma sociedade biosférica.

R$160,00

em até 3x sem juros no cartão

Adicionar à Lista de DesejosRemover da lista
Adicionar à Lista de Desejos
Calcular Frete
Forma de Envio Custo Estimado Entrega Estimada
SKU: V-0025 Categoria:

Informação adicional

Peso 0,5 kg
Dimensões 21 × 28 × 5 cm
ISBN:

978-65-88282-24-6

Ano:

2022

Número de páginas:

316

Formato:

17×24

Compartilhe este produto:

Descrição

O capitalismo de multidão (quarta revolução industrial) é, sem dúvida, um ponto de inflexão na história contemporânea mundial, seja sob o viés econômico, social ou ambiental. Essa nova revolução reclama uma compreensão à luz de uma dinâmica geopolítica.

A partir das reflexões e proposições da obra, almeja-se, após uma análise multidimensional do fenômeno, demonstrar que a implementação eurocentrada atualmente em curso dessa nova revolução disruptiva nos conduz para um processo de neocolonização tecnológica com efeitos sociais e econômicos dramáticos para os países periféricos.

Em conclusão, numa abordagem propositiva, vem elecado um conjunto de medidas capazes redirecionar o curso eurocentrado do fenômeno de modo a torná-lo um vetor para a produção de resultados sociais e econômicos alinhados com os interesses geopolíticos nacionais sem, contudo, desconsiderar a necessidade de transcender a esfera nacional em busca da construção de uma sociedade biosférica.

Informação adicional

Peso 0,5 kg
Dimensões 21 × 28 × 5 cm
ISBN:

978-65-88282-24-6

Ano:

2022

Número de páginas:

316

Formato:

17×24

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O Capitalismo de Multidão e a Ressignificação do Trabalho”